NAVEGUE PELA COBERTURA EDUCOMUNICATIVA REALIZADA POR 100 ADOLESCENTES DO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO

2 de novembro de 2008

“Juventude e Meio Ambiente” é destaque no VI Simpósio Brasileiro de Educomunicação


Enquanto todos interagiam nas atividades do IV Simpósio Brasileiro de Educomunicação, os jovens foram saber o que as pessoas pensam e entendem sobre "Juventude" e "Meio Ambiente". Confira abaixo as percepções da galera!
Por Cleber R. Chiquinho, Ivan C. Neves, Natélia Obeid e Renata T. Azevedo (REJUMA), Damíso (Revista Viração) Guilherme Feulo (Rede Interferência)
O que é meio ambiente? Qual a sua visão da juventude brasileira? Diante das problemáticas sociais (violência, drogas, alta de oportunidade, pedofilia, etc) que ocupam boa parte da preocupação dos jovens, como você vê a relação da juventude com o meio ambiente? Essas foram questões que nos instigaram a ir a campo e saber a opinião de pessoas de várias gerações que passaram pelo SESC-SP Vila Mariana no primeiro dia do VI Simpósio Brasileiro de Educomunicação, que neste ano tem como eixos a temática: “Meio Ambiente, Jornalismo e Educomunicação”.

Além de debates com educadores, comunicadores e especialistas na área do meio ambiente, esse evento conta com mais de 100 crianças, adolescentes e jovens de escolas públicas, redes, coletivos e organizações não governamentais que estão realizando a cobertura educomunicativa do evento, ou seja, utilizando várias mídias como audiovisual, internet, expressões corporais, fotografia e o registro escrito para promover reflexões e práticas sociais de transformação.

O grupo que abordou como pauta “Juventude e Meio Ambiente” identificou após as entrevistas, diferentes visões sobre o assunto com relatos de crianças, jovens e adultos. Para alguns, meio ambiente é apenas “natureza”, “os animais” ou “as plantas” e outros vêem o meio ambiente como uma relação vinculada entre o homem, a natureza e seu entorno, incluindo as relações interpessoais, culturais e afetivas, como exemplificado por Thiago, do Coletivo Jovem Caipira, que definiu meio ambiente como “algo ecológico, econômico, social e cultural”. O grupo evidenciou também que grande parte das respostas teve uma influência significativa da mídia, como a relação entre meio ambiente e as mudanças climáticas, desmatamentos e reciclagem de lixo.

Outra questão relacionou a percepção dos entrevistados com o papel da juventude atualmente: estes

jovens enfrentam diversos problemas sociais, que são cada vez mais acentuados pela mídia, ocasionando uma maior preocupação nestes pontos, em detrimento de outros, como o meio ambiente. Mas muitos relatos deixaram evidente que a juventude atualmente está mais preocupada com o meio que a cerca, como diz o educador Massao da Revista Viração, “o jovem tem que ser mais jovem e falar por eles mesmos” e acredita que essa nova geração está mais mobilizada.

Dentre essas diferentes concepções, sentimos nas falas das pessoas a necessidade de uma relação mais harmoniosa entre o homem moderno e a natureza.

Por Bruno Pinheiro


Postado por Carmen Gattás

Nenhum comentário: