NAVEGUE PELA COBERTURA EDUCOMUNICATIVA REALIZADA POR 100 ADOLESCENTES DO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO

7 de novembro de 2008

MESA-REDONDA - Meio Ambiente: Na Comunidade, na Mídia e na Educação Formal;

MESA-REDONDAMeio Ambiente: Na Comunidade, na Mídia e na Educação Formal



Teve como foco os esforços de instituições públicas como o Ministério do Meio Ambiente (Sub-Programa de Educomunicação Socioambiental), o Ministério da Educação (Programa de Educação Ambiental) e de organizações privadas, no sentido de formular referenciais e parâmetros para ações que contribuam para a especificação de modalidades de práticas educomunicativas.


Moderadora Lucia Anello, Diretora do Departamento de Educação Ambiental do Ministério do Meio Ambiente da Secretaria de Articulação Institucional e Cidadania do do Ministério do Meio Ambiente - DEA-SAIC-MMA


Imagens produzidas pela: Escola Teófilo Benedito Ottoni

Francisco Costa, Técnico do Departamento de Educação Ambiental do Ministério do Meio Ambiente (DEA-MMA), especialista responsável pelo Programa de Educomunicação Socioambiental no Departamento de Educação Ambiental do MMA.
Imagens produzidas pela: Escola Teófilo Benedito Ottoni


Rachel Trajberg, coordenadora-geral de Educação Ambiental do Ministério da Educação (MEC), é doutora em antropologia pela Purdue University, em Indiana, EUA. Fundadora do Instituto Ecoar Para a Cidadania, ONG que atua em educação ambiental. É autora de diversos livros sobre educação ambiental e educomunicação socioambiental


André Trigueiro, jornalista com Pós-graduação em Gestão Ambiental pela COPPE/UFRJ, Professor e criador do curso de Jornalismo Ambiental da PUC/RJ, autor do livro Mundo Sustentável - "Abrindo Espaço na Mídia para um Planeta em transformação" (Editora Globo, 2005), Coordenador Editorial e um dos autores do livro "Meio Ambiente no século 21", (Editora Sextante, 2003), que reúne diversos autores desafiados a explicar como a questão ambiental se insere em suas áreas de conhecimento. É comentarista da rádio CBN, âncora do Jornal das Dez da Globo News, onde é também editor-chefe do programa semanal "Cidades e Soluções".
Referências sobre o palestrante: www.mundosustentavel.com.br – reúne arquivos de vários programas realizados pelo jornalista-militante, que busca “zerar” as emissões de gases de efeito estufa gerados pelo site plantando árvores, e se preocupa em expor valores diferenciados em seu site, como a questão da espiritualidade e sua relação com a crise ambiental.





Painel 3 - Práticas Educomunicativas em Meio Ambiente


O painel teve como abordagem a educação ambiental implementada pelos movimentos sociais, incluindo setores públicos que dialogam com a população, ONGs e instituições culturais, na busca de metodologias específicas que contemplam o envolvimento de segmentos da população no trabalho educomunicativo.


Moderador Marcos Sorrentino, Professor do Departamento de Ciências Florestais, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ) e do Programa de Ciência Ambiental (Procam). Ex-diretor do departamento de educação ambiental do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e autor de livros sobre educação ambiental. É biólogo e pedagogo, doutor em educação pela Universidade de São Paulo.


Deise Keller Cavalcante, coordenadora de Educação Ambiental da Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro


Daniel Raviolo, Sociólogo, com pós-graduação em Sistemas e Estruturas. Argentino, reside no Brasil desde 1998.
Fundador e coordenador geral da ONG COMUNICAÇÃO E CULTURA. A instituição viabiliza a publicação de jornais escolares e estudantis em quase 1000 escolas públicas do Ceará, Rio Grande do Norte, Piauí e São Paulo. O Comunicação e Cultura trabalha com quatro conceitos-chaves: protagonismo juvenil, protagonismo docente, educação entre pares e educação pela comunicação.
Referências sobre o palestrante: http://www.comcultura.org.br


Lílian de Carvalho Lindoso, formada em Jornalismo pela Universidade Federal do Ceará e Especialista em Comunicação e Meio Ambiente pela Universidade Federal do Tocantins. Trabalhou como repórter do programa Rádio Cidadão, da Articulação no Semi-Árido (ASA), veiculado em mais de 100 emissoras sobre convivência com o semi-árido. Trabalhou também com formação jovens comunicadores populares em assentamentos de reforma agrária. Atualmente é Analista Ambiental do Ibama no Tocantins, trabalhando com Educação Ambiental em comunidades indígenas e Unidades de Conservação, focando a Educomunicação como metodologia de fortalecimento da organização comunitária e da sustentabilidade socioambiental.


Fabio Pena, coordenador de comunicação da ONG Saúde & Alegria, Santarém – PA – que atua na área de saúde junto a comunidades ribeirinhas junto aos rios Tapajós e Arapiuns. Também atua na questão cultural, educomunicação e economia da floresta/geração de renda. http://www.saudeealegria.org.br)




Painel 4 – O Lugar da Educomunicação Socioambiental no Ensino

O enfoque do painel é o debate em torno do desenvolvimento da educação ambiental nos currículos e nas práticas de ensino nos diversos níveis da educação formal (fundamental, médio e superior), tendo com objetivo trazer à luz referenciais, metodologias e problemas enfrentados pelos educadores. Uma pergunta especial será feita aos painelistas: qual a contribuição que a mídia pode dar para a educação ambiental nas escolas?


Moderadora Irene de Araujo Machado,graduada em Letras pela Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas pela Universidade de São Paulo (1977), Mestrado em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1985) e Doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (1993). Atualmente é Professora Assistente Doutora da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo onde ministra a disciplina Semiótica da Comunicação na Cultura e orienta pesquisas de mestrado e doutorado. É Editora Científica de MATRIZES. Revista do Programa de Pós-graduação em Ciências da Comunicação da USP (www.usp.br/matrizes).


Sueli Angelo Furlan – professora do Depto. de Geografia - FFLCH-USP; bióloga e geógrafa. Mestre e Doutora em Geografia Física. Credenciada no Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais da USP – PROCAM. Desenvolve pesquisa e orienta em temas de Biogeografia, Conservação de Florestas Tropicais e Políticas Ambientais. Coordenadora do NUPAUB-USP, conselheira do CONDEPHAAT. Participou da equipe de formulação dos Parâmetros Curriculares Nacionais – MEC-Brasil. Em São Paulo participou da equipe de elaboração das Orientações curriculares do Município. Autora de vários livros acadêmicos e didáticos. Foi selecionadora do Premio Professor Nota 10 – revista Nova Escola. Formadora em Educação Ambiental como colaboradora do CEDAC – Centro de Educação e Documentação para Ação Comunitária.


Maria Liete Alves Silva - Bacharel em Comunicação, com habilitação em Jornalismo, mestre em Educação, pesquisa os temas Comunicação, Recepção, Educação Ambiental e Educomunicação socioambiental. Atualmente trabalha na Assessoria de Imprensa da UFMT, é secretaria executiva da Rede de Educação Ambiental de Mato Grosso (Remtea), facilitadora da Rede Brasileira de Educação Ambiental (Rebea).
Referências sobre o palestrante: http://www.rebea.org.br


Maria Cristina Telles, Psicóloga, Pedagoga, Pós-Graduada em Educação a Distância. Foi professora, orientadora pedagógica e educacional, gerente da Educação de Jovens e Adultos. Atualmente é responsável pelo Departamento de Educação Básica, respondendo pelo currículo, recursos didáticos, legislação e formação de professores deste segmento, das 40 Escolas da rede de ensino da Fundação Bradesco.


Paulo Pereira Lima, jornalista, diretor do Projeto/ Revista Viração e Empreendedor Social da Ashoka. Formado em Filosofia, Teologia e Jornalismo, foi diretor da Revista Sem Fronteiras e editor do jornal Brasil de Fato, que ajudou a criar em março de 2003. Atua com o movimento juvenil e comunicação popular desde 1987. Em novembro de 2002, recebeu o título Jornalista Amigo da Criança, do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança e do Adolescente e Agência de Notícias dos Direitos da Infância (Andi). Em março de 2003, lançou a revista Viração, projeto social impresso e eletrônico que conta com a participação direta de 300 adolescentes e jovens de 17 Estados e recebe apoio institucional da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), do Unicef e da Andi. Desde 2004 presta consultoria para projetos ligados à juventude de diversos ministérios, a Secretaria Nacional da Juventude, e para a Unesco, o Unicef e a Organização Mundial de Saúde.
Referências sobre o palestrante: http://www.revistaviracao.org.br




Workshop 2 - Uso da Internet na Educomunicação Socioambiental com Crianças e Adolescentes


O workshop se destinou a socializar experiências de utilização das mídias digitais por crianças e adolescentes no campo da educação ambiental, tomando como referências programas educomunicativos implementados em escolas públicas.


Maria Izabel Leão – jornalista, mestre em Ciências da Comunicação, especialista em gestão de Processos Comunicacionais, pesquisadora do Núcleo de Comunicação e Educação da USP, tutora do Curso Mídias na Educação do MEC, membro do Conselho Editorial da Revista Viração, coordenadora do site do NCE/USP – www.usp.br/nce


Débora Menezes, jornalista formada pela PUC/Campinas e pós-graduanda em educação ambiental. Voluntária em projetos de ecoturismo e educomunicação. Trabalhou em sites de educação e atua como consultora em projetos de comunicação e educação ambiental, além de escrever sobre educação, meio ambiente e turismo para revistas como Horizonte Geográfico e Nova Escola.
Referências sobre o palestrante: http://www.educomverde.blogspot.com



Josete Maria Zimmer, professora de Educação Física de Ensino Fundamental e Médio, professora Orientadora de Informática Educativa da Rede Municipal de São Paulo. Especialista em Informática Aplicada à Educação e em Design Instrucional para Educação On-line. Autora do Projeto Teofilo Educ@ na Mata e do Blog Informática Educativa. Participante do grupo de pesquisa ALPHA da Faculdade de Educação da USP e Colaboradora do Núcleo de Comunicação e Educação NCE/USP, atuando como Mediadora do Curso de Formação Continuada em Mídias na Educação.


Carlos Alberto Mendes de Lima, coordenador do comitê gestor da Lei Educom do município de São Paulo. Esse comitê foi criado a partir da lei municipal nº 13.941, de 28 de dezembro de 2004, institucionalizando o programa Nas Ondas do Rádio, que promove ações entre as escolas municipais para trabalhar com educomunicação através do rádio.
Referências sobre o palestrante: http://blogandonasondasdoradio.blogspot.com e http://nasondasdoradio.podomatic.com, que trazem informações sobre as coberturas educomunicativas que alunos de escolas municipais de São Paulo fazem sobre diversos temas e eventos, e traz informações sobre como fazer programas de rádio, tutoriais, entre outros.


Postado por Carmen Gattás

Um comentário:

Mazé Tavares disse...

Preciso do contato dos palestrantes: Debora Menezes, Marcos Sorrentino, Carlos Alberto Mendes de Lima, convite e custo de pro labore mesa redonda em Birigui.
muito obrigada
mazee@ig.com.br
18-9135-1182