NAVEGUE PELA COBERTURA EDUCOMUNICATIVA REALIZADA POR 100 ADOLESCENTES DO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO

8 de novembro de 2008

Painel 2 – Jornalismo e Meio Ambiente e Workshop 1 - Produção de Documentário sobre Meio Ambiente



Painel 2 – Jornalismo e Meio Ambiente

Analisou a prática da mídia e o papel dos profissionais da comunicação nos conflitos de interesses entre o poder público, as comunidades locais, a iniciativa privada e/ou os movimentos organizados em torno das questões ambientais.


Moderador Vinicius Romanini, jornalista graduado pela USP, com mestrado e doutorado em Ciências da Comunicação também pela USP. Foi repórter, editor ou colaborador nas revistas Veja, Terra, Viagem e Turismo, Superinteressante e Exame PME, entre outras, onde cobriu principalmente assuntos de meio ambiente e sustentabilidade. É atualmente apresentador do programa Trajetória da TV USP, professor de filosofia e teoria da comunicação na Escola de Comunicações e Artes da USP, professor de semiótica na Faculdade de Arquitetura da USP e professor do Curso de Gestão da Comunicação da USP. Entre os prêmios que ganhou estão o Abril de Jornalismo, o Ethos de Jornalismo Ambiental e o Citi Journalistic Excellence Award.

Herton Escobar, Repórter da Editoria de Meio Ambiente do Jornal O Estado de São Paulo


Martha San Juan França, diretora executiva da Editora Horizonte, editora da revista Horizonte Geográfico. Doutora em História da Ciência pela PUC, especializada em jornalismo científico e ambiental. Já trabalhou nas revistas Época, Galileu, Superinteressante, Folha e Estadão. Escreveu o livro “Células-tronco, esses milagres merecem fé” e é co-autora do livro “Formação e Informação em jornalismo científico”.
Referências sobre o palestrante: www.edhorizonte.com.br


Pedro Roberto Jacobi, cientista social e economista, com mestrado em Planejamento Urbano e Regional pela Harvard University e doutor em sociologia pela Universidade de São Paulo (USP). É professor da Faculdade de Educação e do Programa de Ciências Ambientais, na USP, co-editor da revista Ambiente e Sociedade e coordenador do Teia –Laboratório de Educação e Meio Ambiente. Representa a USP no Comitê da Bacia Hidrográfica do Alto Tietê e coordenador Acadêmico do Projeto Bacias Irmas sobre Construção de Capacidade da Sociedade cIvil para a Gestão de Bacias Hidrográficas entre 2003-2008. Coordenador de Projeto Alfa da Comunidade Européia sobre Governança da Água na América Latina e Europa que conta com a participação de dez instituições universitarias da America Latina e Europa. Coordenador de projeto Fapesp de Políticas públicas sobre Aprendizagem Social em Bacias Hidrográficas na RMSP.


Luiz da Motta, analista ambiental do IBAMA e assessor de comunicação do Serviço Florestal Brasileiro/MMA. É formado em jornalismo com especialização no mesmo tema pela Universidade de Navarra/Jornal o Estado de S. Paulo. Pós-Graduado em Educação Ambiental e Políticas Públicas pela ESALQ/USP. Foi produtor do programa radiofônico Universidade Aberta da Universidade de Brasília. Durante a Gestão de Cristóvão Buarque no Ministério da Educação, foi coordenador do Programa Rádio-Escola, quando desenvolveu, em parceria com o Núcleo de Comunicação e Educação – NCE/USP, projeto de Educomunicação em 70 escolas rurais dos estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás. Atualmente, é coordenador do programa Momento do Serviço Florestal Brasileiro, produzido em parceria com a Embrapa e veiculado em 110 rádios da Amazônia Legal.



Workshop 1- Produção de Documentário sobre Meio Ambiente




Este workshop apresentou a metodologia desenvolvida para a elaboração de programas de televisão, voltados para o tema do meio ambiente, tomando como referência a produção do “Globo Ecologia”, da Fundação Roberto Marinho. Ao final do workshop, foram apresentados programas em vídeo sobre o tema do meio ambiente elaborados por crianças da APAE de São Sebastião, SP.


Moderadora Patrícia Alves Horta, socióloga e pesquisadora do NCE-USP. Coordenadora do Curso Mídias na Eduacação do MEC pelo NCE-USP. Nos últimos anos está acompanhando e colaborando com as análises e discussões para a implementação do Programa de Rducomunicação Socioambiental do DEA-MMA.
Referências sobre o palestrante: http://planetasustentavel.abril.com.br/noticia/educacao/conteudo_293882.shtml


Leonardo Menezes, Jornalista, analista de conteúdo do Canal Futura e mestre em Comunicação e Memória pela Unirio. Desde 2002 é responsável pelo conteúdo do programa Globo Ecologia e Um Pé de Quê?, entre outros.


Ariane Porto, Antropóloga, roteirista, diretora e produtora cultural, atua desde os anos 80 em Teatro, Televisão e Cinema. Doutora em Comunicações e Artes pela USP, roteirizou e dirigiu 20 documentários sobre ecologia, a série televisiva POVOS DO MAR e o longa metragem infantil A ILHA DO TERRÍIVEL RAPATERRA. Criou o Projeto BEM-TE-VI (audiovisual para crianças). Consultora Internacional do Projeto GEF MARINO (Global Environmental Fund) PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) - Chile. Dirige ainda o Ecocine – Festival Internacional de Cinema Ambiental e Direitos Humanos, que este ano será realizado em Ubatuba (SP).
Referências sobre o palestrante: o site http://www.povosdomar.com.br/bemtevi/ninhos.html traz informações sobre o Projeto Bem Te Vi, com oficinas onde crianças e adolescentes aprendem a realizar vídeo-documentários. É realizado em diversas cidades do estado de São Paulo e na capital. O Povos do Mar virou um projeto de preservação da cultura caiçara do litoral Norte, e entre outros, responsável pela organização do festival de cinema www.ecocine.com.br.


Postado por Carmen Gattás

Nenhum comentário: